sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Nada Mudou no Céu

Nada mudou no céu
Não só no céu, a vida dela não mudou em nada
Ela que tanto esperava por um fim...
Um fim da solidão, fim dos dias sem sentido...
O dia correu normal, as velhas conversas de escritório, o mesmo corre corre no horário de pico nessa cidade maluca, ela estava cansada de tudo isso.
Assim que chegou em casa, assim que fechou a porta e se livrou daqueles sapatos, o telefone tocou deu apenas dois toques ela correu para atender mas não deu tempo...
Quem será que era?
Será que era mais um engano?
Ela ficou um tempo ali, esperando tocar de novo mas o aparelho não fez mais nenhum som.
O jeito era relaxar, foi até a geladeira pegou o vinho encheu um copo e foi ver a vista, o céu ainda era o mesmo  mas ela achou diferente...
Algo iria acontecer...


E ficou ali distraída com a imagem que tinha da janela do seu apartamento, e demorou para perceber que alguém batia na porta.
Quem será? Quem a procuraria numa hora daquela, no meio da semana, todos seus amigos e familiares estavam tão ocupados que há dias não falava com nenhum deles...
Ela abre a porta e se surpreende, não era possível, era algum tipo de brincadeira, um sonho?
Na sua frente estava o que mais pensou nos últimos dias 
Ele tinha um olhar divertido, estava bem arrumado e disse sorrindo
-Como vai Lilian... posso entrar?
Ela deu passagem pra ele entrar e antes de fechar a porta, ela sorriu misteriosamente...

c Roberta Del Carlo c 


4 comentários:

  1. Adorei, escreva mais sobre a Lilian, fiquei curiosa. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oiiieee...passando aqui pra te visitar, quem éh na porta Lilian??? Fora esse arco iris ai heim lindo!!!
    (Video Novo) Favoritos de 2012......Siga que eu te sigo tb!!!!
    http://www.youtube.com/watch?v=bBlzHs0kvgU&list=UUFVMO2BmAn579qCxq_5uArA&index=2
    www.makeolatras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei!!! Muito bom. Te convido a conhecer o meu blog www.absintosurrealista.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. ...misteriosamente ficará o desfecho desta estória - rsss.

    ResponderExcluir

Rua

Um dia caminhando pelas ruas da cidade, sem pressa ou destino certo acabou parando em uma rua que em seu passado foi muito importante. ...